terça-feira, 9 de setembro de 2014

Você quer usar a tv convencional como se fosse On Demand? É isto que diz este estudo:


O estudo Ericsson ConsumerLab TV & Media 2014 feito com 23 mil telespectadores de 23 países, entre eles o Brasil, demonstra que com o estabelecimento do video on demand no mercado de televisão a maneira como os telespectadores querem consumir vídeos está mudando radicalmente, e que as tvs convencionais precisam se adaptar para não sumirem do mercado.
Veja alguns pontos levantados pelo estudo:
- 75% dos telespectadores assistem tv via streaming diversas vezes por semana, o percentual é similar à quantidade de telespectadores que vêem tv convencional várias vezes por dia, que é de 77%.
- Em dois anos, o número de pessoas que diz que pagaria para assistir a programas de televisão via streaming em qualquer dispositivo e local onde estiverem aumentou 25%.
- Também aumentou em 25% em dois anos a quantidade de pessoas que dizem que pagariam por conteúdo que elas gostam para poder assistir estes conteúdos online, como séries, por exemplo.
- Os usuários também dizem que estão aumentando a quantidade de tempo a que se dedicam a assistir conteúdo de vídeo via streaming, enquanto, em relação à tv convencional, eles preferem gravar os programas em aparelhos com opção PVR, muitas operadoras de tv oferecem esta opção, para poder assistir quando desejarem.- Os usuários que preferem gravar os programas via PVR também preferem esperar que se passe diversos episódios de suas séries favoritas e que estes episódios estejam gravados para só então começar a assistir os episódios, um após o outro.
- A maioria dos telespectadores também diz preferir o modelo de acesso a conteúdo oferecido por serviços como o Netflix e Hulu, onde podem ver quantos episódios e temporadas quiserem das suas séries preferidas, no ritmo em que se quiser.
- Os telespectadores da tv convencional dizem que é frustrante descobrir uma boa série que já está na metade e não ter como assistir aos episódios anteriores, por isto recorrem a serviços de video on demand para poderem se atualizar na série até chegarem ao episódio que está na tv convencional.
- 41% dos espectadores, no entanto, dizem que não abrem mão da qualidade de imagem e por isto acham melhor assistir aos conteúdos de vídeo na tv convencional.
- 43% dos espectadores dizem estar ansiosos para consumir conteúdo em qualidade 4K, o que ainda é um desafio tanto para a tv convencional como para o streaming.
O que este estudo tem a mostrar é que as companhias de conteúdo tem que se esforçar para oferecer cada vez mais melhor qualidade de conteúdo enquanto os provedores de conteúdo para tv terão que se esforçar oferecer conteúdo nos diversos tipos de dispositivos que os espectadores querem utilizar, sem abrir mão da qualidade de imagem.
O panorama do consumo de televisão está mudando rapidamente e as companhias tem que se esforçar para acompanhar esta mudança sob pena de não conseguirem mais sobreviver no mercado.

Nenhum comentário: